#CAOS2018: O modelo panóptico através da tecnologia é tema do Psicologia em Debate

O Psicologia em Debate Especial é parte da programação do CAOS.

Na noite dessa terça-feira (22) ocorreram as apresentações do Psicologia em Debate Especial Black Mirror, como parte da programação do Congresso Acadêmico de Saberes em Psicologia – CAOS 2018. Na ocasião as acadêmicas Larryssa Araújo e Alessandra Araújo apresentaram o episódio “Manda quem pode”, da série britânica Black Mirror.

O episódio, que retrata a vida de um jovem chantageado ao ter seus segredos mais íntimos observados, foi comparado ao modelo Panóptico de Michel Foucault, que retrata uma máquina que dissocia o par ver-ser visto. De acordo com o modelo, no anel periférico da máquina se é totalmente visto mas sem ver os outros, configuração muito usada em prisões, manicômios e escolas.

Para Laryssa Araújo, a internet é um dispositivo de controle pois “ela regula os comportamentos adequados e pune os inadequados assim como qualquer outro dispositivo dessa natureza. A internet tem acesso às informações dessas pessoas, que podem ser a todo momento numeradas ou vigiadas, assim como também colaboram para a noção de certo ou errado nessas situações”.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site do evento: http://ulbra-to.br/caos/edicoes/2018#programacao

Psicóloga egressa do CEULP/ULBRA, residente em Saúde da Família e Comunidade pela FESP.